Controle o CORTISOL - Dicas de beleza

Breaking

Dicas Ficando Bonita é um site para a mulher moderna. Aqui nós falamos sobre os mais diversos assuntos do mundo feminino.

Breaking News

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Controle o CORTISOL



O cortisol é um hormônio que ajuda o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, contribuir para o funcionamento do sistema imune e manter os níveis de açúcar no sangue constantes, assim como a pressão arterial. Os níveis desse hormônio no sangue variam durante o dia porque estão relacionados com a atividade diária e a serotonina, que é responsável pela sensação de prazer e de bem-estar. 

O cortisol alto no sangue pode originar sintomas como perda de massa muscular, aumento de peso, diminuição de testosterona ou ser indicativo de problemas mais graves. Já quando o nível fica baixo pode originar sintomas de depressão, cansaço, fraqueza ou ser indicativo de doenças. Também é responsável por regular a função cardiovascular, a pressão sanguínea e o uso de gorduras, carboidratos e proteínas. 

Ele influencia no processo de ganho de peso, pois aumenta o desejo pelo consumo de alimentos doces e mais gordurosos. Essa descarga, pode ficar circulando pelo corpo durante dias, exacerbando as erupções da acne (pois ele estimula as glândulas sebáceas). Quando uma pessoa está psicologicamente estressada as terminações nervosas (abundantes na pele) liberam um neuropeptídios chamado de substância P que precipita a inflamação a nível de glândula sebácea.

Esses níveis são medidos através de exames plasmático ou urinário. Quando se encontra baixa a produção de serotonina (hormônio ligado ao prazer e ao bem estar) ocorre o cortisol baixo. Neste caso, podem pode ser apresentado os seguintes sintomas: Desejo repentino de consumo de doces, fadiga, fraqueza, cansaço e depressão.

Já o aumento do cortisol tem diversas causas, sendo considerada a mais comum o estresse. No caso do condicionamento físico, ele é maléfico para quem deseja ganhar músculos, tendo como consequências: aumento de peso, perda de massa muscular, diminuição da testosterona, lapsos de memória e aumento das chances de osteoporose. Já uma produção muito grande ele pode causar cicatrização lenta, sono perturbado e desequilíbrios no açúcar do sangue. A incorporação de certos alimentos na dieta pode ajudar a baixar os níveis de cortisol no organismo.


Cortisol alto

O cortisol alto pode originar sinais e sintomas como:

· Perda de massa muscular;
· Aumento do peso;
· Aumento das chances de osteoporose;
· Dificuldade na aprendizagem;
· Baixo crescimento;
· Diminuição da testosterona;
· Lapsos de memória;
· Aumento da sede e da frequência em urinar;
· Diminuição da libido;
· Menstruação irregular.
· Pode indicar uma doença chamada Síndrome de Cushing, que gera sintomas como aumento rápido do peso, com acúmulo de gordura na região abdominal, queda de cabelo e pele oleosa.Uma das formas de controlar naturalmente os níveis de cortisol no sangue é fazendo exercício físico regularmente, ter uma alimentação saudável aumentando o consumo de vitamina C e diminuindo o consumo de cafeína.


Cortisol baixo

O cortisol baixo pode causar sinais e sintomas de:

· Depressão;
· Fadiga;
· Cansaço;
· Fraqueza;
· Desejo repentino de comer doces.
· Pode indicar que o paciente tem Doença de Addison, que gera sintomas como dor abdominal, fraqueza, emagrecimento, manchas na pele e tonturas, principalmente ao levantar. 


Exame do Cortisol

Este exame é indicado para avaliar os níveis de cortisol e pode ser feito através de uma amostra de sangue, de urina ou da saliva. Os valores de referência dos níveis de cortisol no sangue são:


Manhã: 5 a 23 mcg/dL;

Final do dia: 3 a 16 mcg/dL.


Obs.: Os níveis de cortisol basal no sangue, geralmente, são maiores de manhã ao acordar, de 5 a 23 mcg/dL, e depois vão diminuindo ao longo do dia para 3 a 16 mcg/dL, sendo que em pessoas que trabalham à noite os níveis se invertem.

Se o resultado do exame do cortisol estiver alterado, é recomendado consultar um endocrinologista para identificar a causa e iniciar o tratamento o mais rápido possível, se for necessário, porque os níveis de cortisol altos ou baixos nem sempre são indicativos de doenças, pois eles podem estar alterados devido ao calor ou à presença de infecções, por exemplo.


Gostou do post de hoje?
Deixe aqui o seu comentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário